sexta-feira


Em meio a toda correria,
Eu, sempre, paro ao fim do dia.
E sem querer saber de mais nada,
Submeto-me à você.

Pensamentos são constantes.
Os olhos brilham,
Sorriso no rosto,
Palavras adocicadas...
Os sonhos não escapam
Antes, durante e depois de dormir!

E ao acordar no outro dia
O sonho ainda permanece intacto.
O mesmo brilho nos olhos,
O mesmo sorriso, os mesmos pensamentos...
O mesmo eu, esperando por você!
Esperando um dia te ver
Para que um abraço sele os pensamentos.
Que os pensamentos sejam únicos!
E que sejamos dois em um só!

(PraVocê)


2 comentários:

Mayra Borges disse...

Gente que coisa mais linda, essa sensação é tão maravilhosa e você a descreveu de uma forma tão verdadeira e doce, é claro que amei e amei muito. Parabéns!!!! :D

www.eraoutravezamor.blogspot.com

Mario Pontes disse...

Obrigado Mayra, volte sempre!

Postar um comentário

 

Copyright 2010 Descritos a Dedo.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.