sexta-feira

Sabe daquele dia que eu te vi a cantar
Catavas bem baixinho
Pra ninguém escutar
A música era tão formosa
Que chegou a me encantar
Não só pela musica
Mas quem estava a canta
Era bela e serena
Aos meus olhos fez brilhar
Sabia muito bem, como me encantar
Cantava por cantar
E eu escutava por querer me apaixonar
Da voz linda e baixinha
Eu passei a me lembrar
Por todos os dias mais
Que eu me pus a escuta

Sabia que aquele canto
Um dia eu iria encantar
Tu que nem me viu
Te escutando a cantar
Sabes hoje que eu te amo
Daquele dia pra cá
Te amo com todo o seu canto
Mas logo digo que nem sei cantar
Mas uma coisa eu te faço
Te dou amor sem parar
Te amo dona cantora
Até a musica acabar.
Depois que acaba a canção
Meu coração ainda estará
Aqui, sempre, a te amar.


1 comentários:

maria rayane disse...

Muito Legal, adorei ;D

Postar um comentário

 

Copyright 2010 Descritos a Dedo.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.