terça-feira

Não sei nada sobra a vida. O que viemos fazer aqui? Por que viemos? Por que eu? Por que você? Por que?
Não consigo desvendar nenhuma dessas respostas, mas sei que a vida não teria sentido algum se não tocamos o coração das pessoas. Se não deixarmos boas lembranças. Não apenas lembranças, mas boas. Boas lembranças. É isso que todo mundo espera um dia fazer, provocar boas sensações para aquelas pessoas especias. É isso que eu espero. Espero mais ainda ter essas boas lembranças das outras pessoas, das tais especias para mim. Afinal lembranças são como presentes que nos dão para toda a vida, um presente eterno que ninguém jamais poderá arrancar de dentro de nós. 

0 comentários:

Postar um comentário

 

Copyright 2010 Descritos a Dedo.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.