sábado



Se hoje a noite não tem luar,
podemos apenas deitar.
Deitar na grava verde do jardim,
olhar pra lua e contemplar

Que sabe as estrelas não se reunam e nos mostre o que queremos ver.
Corações, borboletas...

E se imaginarmos ser estrelas?

Podemos montar nosso quebra-cabeça.
A nossa imagem no céu
para o mundo todo conhecer,
o nosso amor encantado.

0 comentários:

Postar um comentário

 

Copyright 2010 Descritos a Dedo.

Theme by WordpressCenter.com.
Blogger Template by Beta Templates.